Mais de seis mil Servidores se concentram em frente a Assembleia Legilativa

Milhares de servidores do Estado se concentraram, na tarde desta terça-feira (17), em frente à Assembleia Legislativa. Os manifestantes cobraram uma “intervenção” dos deputados na discussão sobre o pagamento da reposição inflacionária (Revisão Geral Anual). Segundo os sindicalistas, seis mil pessoas estiveram local. Conforme a legislação estadual, em maio o Governo deveria dar a reposição referente à inflação do ano anterior. Portanto, os salários deveriam ser acrescidos do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) de janeiro a dezembro de 2015, que foi de 11,27%. No entanto, o Governo disse não ter condições de pagar os valores em maio e os servidores ameaçam deflagrar greve a partir do dia 24 deste mês. Queremos que a Assembleia Legislativa faça uma intervenção com o Governo para que paguem a RGA “Queremos que a Assembleia Legislativa faça uma intervenção com o Governo para que paguem a RGA. A maioria das categorias já decidiu pelo indicativo de greve e não vamos voltar atrás”, disse o vice-presidente do Sindicato dos Profissionais da Área Instrumental do Governo (Sinpaig), José Monteiro. Entre os mais de seis mil manifestantes, segundo os organizadores, estavam servidores da Capital e do interior. O encontro Sete representantes do Fórum Sindical se reuniram com os parlamentares no Colégio de Líderes. O encontro foi liderado pelo deputado Emanuel Pinheiro (PMDB). O presidente do Legislativo, Guilherme Maluf (PSDB) está em São Paulo, para um tratamento de saúde. Além de Emanuel, estiveram presentes no encontro dos deputados Eduardo Botelho (PSB), Wagner Ramos (PSD), Pery Taborelli (PSC), Max Russi (PSB) e Saturnino Masson (PSDB).

Fonte: Midia News