terça-feira, 27, fevereiro, 2024
32 C
Cuiabá

Assembleia homologa concurso parcialmente e começa convocar aprovados

Date:

A Assembleia Legislativa de Mato Grosso afirmou que irá iniciar o chamamento dos aprovados no concurso público no final de março. As provas foram realizadas em dezembro passado pela Fundação Getúlio Vargas para o provimento de 430 vagas na Casa.

O presidente da Assembleia, deputado Romoaldo Junior (PMDB), confirmou ontem (12) em sessão a homologação e posterior chamamento.

No entanto, o coordenador da Comissão Especial do Poder Legislativo, Valdenir Benedito, explicou à equipe de reportagem do portal de notícias MidiaNews, que a homologação dos aprovados será parcial.

No dia 20 de março será a homologação dos aprovados no cargo de Procurador Legislativo. Em data posterior, ainda sem confirmação, serão homologados os aprovados no nível superior A.

Benedito explicou que a falta de uma data para homologar os aprovados se deve ao fato de que o edital do nível superior A foi lançado junto com o nível médio, que atualmente passa por análise do Ministério Público Estadual.

O órgão avalia um pedido de retificação da prova objetiva de Português, que, de 15 questões, supostamente 13 estariam erradas.

“Nós estamos acatando o pedido do MPE e, concomitantemente, vamos analisar quando vamos ou quando podemos homologar o nível superior A. A expectativa é que seja próximo da homologação do Procurador Legislativo”, afirmou.

O coordenador ressaltou também que a homologação não significa necessariamente o chamamento imediato de todos os aprovados.

“Como está no edital, temos um prazo de dois anos, com possibilidade de prorrogação para mais dois anos. Além disso, também temos que chamar com base na necessidade. Claro que nosso objetivo é ir chamando o máximo que pudermos, mas não podemos confirmar qual número será esse”, afirmou.

Apesar de 430 vagas, o concurso público da Assembleia Legislativa visa o preenchimento imediato de metade deste total. A outra parte é cadastro de reserva.

Cargos 

O concurso da Assembleia Legislativa visa ao preenchimento de 430 vagas para nível médio e duas categorias de nível superior, o A e o B.

No caso do nível médio, que tem funções como garçom, copeiro, editor de imagens e ainda serviços gerais, são 91 vagas imediatas, 127 para formação de cadastro de reserva e 10 para candidatos com deficiência.

O salário é de R$ 2.286,22.

No nível superior A, que conta com vagas na área de Administração, Comunicação Social ou Economia, são 74 vagas imediatas e 130 para cadastro de reserva.

O salário é de R$ 5.034,88.

No nível superior B, para procurador legislativo, são oito vagas, sendo cinco para cadastro de reserva e uma para candidatos com deficiência, e o salário inicial é de R$ 6.057,00.

As provas foram realizadas em 27 unidades de ensino de Cuiabá e Várzea Grande.

Foram 11.305 candidatos aos cargos de nível superior, totalizando 15,33% de abstenção, com 1.733 ausentes.

Para o nível médio, 17.579 candidatos fizeram a prova. O índice de abstenção foi 15,47%, 3.217 ausentes.

Fonte: Mídia News.

Compartilhe:

Popular

More like this
Related

Servidor da Área Meio é escolhido para compor Conselho do INSS por Ministro da Previdência Social

O Servidor da Área Meio, Antoine de Arruda Souza,...

Secretário adjunto da Seaf visita sede do Sinpaig

Nesta quarta-feira (21.02), o Sinpaig-MT teve a honra de...

Sinpaig é declarado como instituição de utilidade pública pela Câmara de Vereadores de Cuiabá

https://youtu.be/OyG7F1Qnjpk?si=BTDEJf4F54-kaUPZ Na última terça-feira, 20 de fevereiro, a Câmara de...

Federação Sindical dos Servidores Públicos de Mato Grosso busca aproximação com o governo estadual.

A Federação Sindical dos Servidores Públicos de Mato Grosso...
Feito com muito 💜 por go7.com.br