terça-feira, 20, fevereiro, 2024
31 C
Cuiabá

CRISE COM FUNCIONALISMO

Date:

Servidores repudiam ex-deputado e se dizem enganados por Taques. A revolta surgiu com indicação de Carlos Brito ao MT Saúde


O Fórum Sindical, entidade que representa dezenas de categorias do funcionalismo público estadual, teceu duras críticas na maanhã de hoje a indicação do ex-deputado estadual Carlos Brito de Lima ao cargo de presidente do MT Saúde. A entidade, por meio de nota oficial, declarou que se “sente traída e enganada” pelo governador Pedro Taques (PSDB), que teria comprometido na campanha eleitoral a indicar gestores com critérios técnicos para secretarias e cargos de confiança. “Hoje podemos notar este governo está se aproveitando da situação fazendo política de baixo nível, acomodando os seus apoiadores de campanha, entretanto, não admitimos e nem aceitamos que essas trocas de gentilezas, ocorram em órgãos ou entidades ligadas diretamente a vida dos servidores públicos”, diz trecho da nota assinada por 22 sindicatos.
O Fórum colocou ainda que o governador não tem respeitado os servidores ao ignorar, por exemplo, a lista tríplice elaboradas pelos servidores por meio de votação para as diretorias da Empaer (Empresa de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural). “Verificamos que o discurso de que em seu governo, haveria um diálogo diferenciado com os servidores públicos, não tem se cumprido, e muito tem se assemelhado ao discurso dos governadores anteriores”, frisa.
Além do MT Saúde, o fórum cobra a indicação de quadros técnicos, de preferência servidores de carreira, para o MT Prev (Fundo Previdenciário). Esta é a segunda crise enfrentada pelo governador com o funcionalismo público.
No mês de maio, o governador concedeu reajuste de 50% do índice inflacionário que era de 3,11%. Na ocasião, após reuniões com o fórum, ele se comprometeu a regularizar o restante da reposição no mês de novembro. A diferença será regularizada em janeiro de 2016.
 
NOTA DE REPÚDIO
O Fórum Sindical do funcionalismo público de Mato Grosso, em defesa do interesse dos mais de 70.000 servidores do Poder Executivo do Estado, vem a público repudiar a nomeação do Sr. Carlos Brito de Lima para o cargo de Presidente do MT Saúde.
Este repúdio se deve a todos os desmandos que ocorreram nas gestões anteriores do MT SAÚDE e que o Fórum Sindical, após muita luta e fiscalização conseguiu levar a conhecimento da população e das autoridades, as diversas irregularidades que foram praticadas por gestores com viés político à frente da autarquia.
Nesse sentido, o Fórum Sindical se declara traído e enganado pelo Governador Pedro Taques, que durante a campanha prometeu que só nomearia gestores com viés técnico e com ficha limpa nos cargos de chefia de seu governo.
Quando os servidores públicos de Mato Grosso em sua maioria hipotecaram apoio ao candidato Pedro Taques foi com a esperança de varrer do mapa alguns maus gestores ao menos pelo período do seu governo, e dar maior atenção a aqueles que realmente são técnicos e comprometidos com o desenvolvimento do nosso combalido Estado de Mato Grosso. Hoje podemos notar este governo está se aproveitando da situação fazendo política de baixo nível, acomodando os seus apoiadores de campanha, entretanto, não admitimos e nem aceitamos que essas “trocas de gentilezas”, ocorram em órgãos ou entidades ligadas diretamente a vida dos servidores públicos e, onde, possa trazer sérios prejuízos a toda a coletividade. 
Nos últimos meses, temos visto que o governador do Estado tem mudado o seu discurso e as suas propostas de campanha, e isso pode ser comprovado, por exemplo, quando se verifica a sua desconsideração à lista tríplice de servidores eleitos na EMPAER, para os cargos de diretoria da entidade e descumprindo outras leis onde é obrigatória a ocupação dos cargos por servidores de carreira.
É bom lembrar, que durante a campanha, o Governador Pedro Taques, prometera que os cargos comissionados e de chefia do Estado, seriam exercidos preferencialmente por servidores efetivos.
Nesta linha, verificamos que o discurso de que em seu governo, haveria um “diálogo diferenciado” com os servidores públicos, não tem se cumprido, e muito tem se assemelhado ao discurso dos governadores anteriores, que prometiam e não cumpriam e ainda, somente atendiam a indicações políticas, desprezando o conhecimento técnico e a meritocracia.
Diante dessas considerações, o Fórum Sindical reitera o seu compromisso com os servidores públicos do Estado de Mato Grosso, de continuar defendendo a qualificação técnica para todos os cargos de chefia das instituições e órgãos do Estado de Mato Grosso, em especial a gestão do MT Saúde e MTPREV (Fundo Previdenciário) pela finalidade vital para o servidor público. 
FORUM SINDICAL
ASSAE    Associação dos Auditores da Auditoria Geral do Estado 
ASMIP – Associação dos Militares inativos e Pensionistas de MT Presidente
AGG – Associação Dos Gestores Governamentais Do Estado De Mato Grosso 
ASAGER – Associação dos Analistas Reguladores da AGER/MT 
ASSOF – Associação dos Oficiais da Polícia e Bombeiro Militar de MT Presidente
ASSINFRA – Associação dos Servidores da Secretaria de Infra Estrutura de MT 
ASSOADE – Associação dos Sargentos, Subtenentes, Oficiais, Adm. e Esp. Ativos e Inativos da PM e BM de MT 
Sintep MT – Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Público de MT Presidente: Henrique Lopes do Nascimento representado por Orlando Francisco
SINDPSS – Sindicato da Carreira dos Profissionais do Sistema Socioeducativo de MT 
SISISCON – Sindicato dos Fiscais de Defesa do Consumidor 
SINPAIG – Sindicato dos Profissionais da Área Meio do Poder Executivo de MT 
SIAGESPOC – Sindicato dos Investigadores da Polícia Civil de MT Presidente
SISMA – Sindicato dos Servidores Públicos da Saúde e do Meio Ambiente do Estado de MT       
SINDIFISCO – Sindicato dos Fiscais de Tributos de MT  
SIPROTAF – Sindicato dos Profissionais de Tributação, Arrecadação e Fiscalização Estadual de MT 
SINDEPECO – Sindicato dos Peritos Oficiais Criminais do Estado de MT 
SINTAP – Sindicato dos Trabalhadores do Sistema Agrícola, Agrário, Pecuário e Florestal do Estado de MT 
SINTERP – Sindicato dos Trabalhadores da Assistência Técnica, Extensão Rural e Pesquisa Pública de MT 
SINTEMA – Sindicato dos Trabalhadores em Entidades Públicas de Meio Ambiente do Estado de MT 
SINTESMAT – Sindicato dos Técnicos da Educação Superior da UNI  Presidente: Luiz Wanderlei dos Santos. 
SINPP – Sindicato dos Profissionais de Papiloscopia 
SINDEPOJUC – Sindicato dos Escrivães de Polícia Judiciária Civil do Estado de Mato Grosso 
 

Fonte:Folhamax – Gilson Nasser

 

Compartilhe:

Popular

More like this
Related

Parabéns a Joelson Matoso: Fortalecendo a Agricultura Familiar.

O Sindicato parabeniza Joelson Obregão Matoso por sua merecida...

Federação Sindical dos Servidores Públicos de Mato Grosso busca aproximação com o governo estadual.

A Federação Sindical dos Servidores Públicos de Mato Grosso...

Deputada Janaina Riva destina emenda para capacitar profissionais da Área Meio.

Como parte da estratégia de qualificação e capacitação constante...

Poderes criam rede para articular ações de fomento à inovação pública

Rede estabelece sinergia entre Executivo, Legislativo e Judiciário na...
Feito com muito 💜 por go7.com.br