terça-feira, 27, fevereiro, 2024
26 C
Cuiabá

SINPAIG E FÓRUM SINDICAL COBRAM DO GOVERNO EXPLICAÇÕES SOBRE PEQUENO ATRASO NO PAGAMENTO DO SALARIO DE SERVIDORES

Date:

Após muita polêmica, o governo do Estado concluiu ao meio-dia desta sexta-feira o pagamento de todos os servidores públicos estaduais. A situação gerou “revolta e tensão” entre os servidores, uma vez que há mais de cinco anos o pagamento dos salários é realizado no último dia útil de cada mês e chegou a ser anunciado pelo executivo para esta quinta-feira.

De acordo com o Fórum Sindical, que representa os sindicatos de todas as categorias do serviço público estadual, 4% dos servidores denunciaram não terem recebido os salários na quinta. Diante disso, eles se deslocaram a Secretaria de Gestão e convocaram uma reunião de emergência com o secretário Júlio Modesto.

IMG-20160401-WA0015

Recebidos por volta das 12h20, o secretário comunicou que a última categoria, de fiscal de tributos, teve os salários depositado ao meio-dia. A informação foi confirmada por servidores da pasta.

“O secretário nos atendeu muito bem e rapidamente e ele explicou que isso ocorreu por conta da frustração das transferências federais não terem sido realizadas a contento da questão da arrecadação e, por isso, 4% da folha de pagamento ficou sem receber, mas, de qualquer forma, sendo 4% ou 1%, nós vamos agir como os mosqueteiros: ‘um por todos e todos por um e por isso viemos de imediato cobrar uma posição do governo”.

O SINPAIG juntamente com o Fórum Sindical, agradece o esforço empreendido pelo Secretário de Estado de Fazenda, Paulo Brustolin, e toda sua equipe econômica no sentido de regularizar o mais rápido possível esse pequeno desconforto no repasse dos salários de alguns servidores na data do dia 31/03/2016.

Os próximos passos do Fórum Sindical, conforme ele, é cobrar, da bancada federal de deputados Mato Grosso, uma posição com relação ao entendimento deles sobre o Projeto de Lei Complementar 257/2016 que está na Câmara Federal para aprovar congelamento de salários e algumas perdas de direitos trabalhistas como não poder fazer concurso público por dois anos. “O governo assinar um plano de auxílio aos Estados e municípios bloqueando toda essa situação e nós perdendo direitos enquanto servidores públicos. Não aceitamos essa posição e vamos convocar nossa bancada federal para nos dar explicações. Vamos mobilizar a base e ver qual o melhor meio para agir”, finalizou.

Ficou confirmado ainda nesta reunião mais uma rodada de negociação da RGA 2016. Assim concluiu o Presidente do Sinpaig Edmundo César

20160318_120537

 

Compartilhe:

Popular

More like this
Related

Sefaz promove encontro para apresentar metodologia que será usada na elaboração das diretrizes orçamentárias de 2025

A Secretaria de Fazenda de Mato Grosso (Sefaz-MT) promoveu,...

Servidor da Área Meio é escolhido para compor Conselho do INSS por Ministro da Previdência Social

O Servidor da Área Meio, Antoine de Arruda Souza,...

Secretário adjunto da Seaf visita sede do Sinpaig

Nesta quarta-feira (21.02), o Sinpaig-MT teve a honra de...

Sinpaig é declarado como instituição de utilidade pública pela Câmara de Vereadores de Cuiabá

https://youtu.be/OyG7F1Qnjpk?si=BTDEJf4F54-kaUPZ Na última terça-feira, 20 de fevereiro, a Câmara de...
Feito com muito 💜 por go7.com.br